Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Catorze presos por corrupção com cartas de condução

Detidos são suspeitos de receberem milhares de euros.
Henrique Machado 17 de Novembro de 2015 às 11:03
Cartas de condução
Cartas de condução FOTO: Tiago Sousa Dias

Foram detidas esta manhã 14 pessoas por crimes de corrupção e falsificação, relacionados com exames de condução.

Trata-se de funcionários e responsáveis de cerca de 20 escolas de condução no norte do País, além de oito examinadores no centro de exames do Automóvel Clube de Portugal no Porto.

A operação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ, em articulação com a 9.ª secção do DIAP de Lisboa, continua a decorrer com cerca de 70 de buscas, nomeadamente a 20 escolas de condução e ao centro de exames do ACP, e a detenção dos 14 envolvidos.

Ao que o Correio da Manhã apurou, são suspeitos de receberem milhares de euros em troca da aprovação de condutores nos exames de código.

ACP condena este crimes
O Automóvel Clube de Portugal (ACP) condenou esta terça-feira "veementemente" qualquer prática de crime na obtenção de cartas de condução e disse estar a colaborar com a investigação policial em curso.

"No âmbito de uma operação policial relacionada com a eventual prática de crimes na obtenção de cartas de condução, o ACP condena veementemente qualquer ato associado a este comportamento", refere a instituição em comunicado.

O ACP acrescenta que se encontra a "colaborar com a investigação, tendo disponibilizado todos os recursos com vista à obtenção de provas".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)