Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

CAUSARAM ACIDENTE MORTAL E PUSERAM-SE EM FUGA

As únicas testemunhas do sinistro pouco conseguem explicar. Apenas referiram ter visto, do interior do táxi em que seguiam, dois vultos a escaparem do interior de um BMW. Isto, pouco depois de a referida viatura ter abalroado por trás outro automóvel, causando a morte de uma jovem de 22 anos, ferimentos na irmã desta e no condutor do carro.
23 de Agosto de 2004 às 00:00
O acidente deu-se quando o Rover se imobilizou atrás de um táxi, na descida da Av. Infante Santo
O acidente deu-se quando o Rover se imobilizou atrás de um táxi, na descida da Av. Infante Santo FOTO: Vítor Mota
Pouco passava das 05h30 de ontem quando tudo aconteceu. Fontes policiais contactadas pelo CM referiram que a esta hora, a viatura sinistrada, um Rover, seguia na Avenida Infante Santo, em direcção à 24 de Julho, em Lisboa. "A conduzir o veículo estava um homem de 28 anos, residente no Estoril. No lugar do pendura seguia uma rapariga, de 20 anos, enquanto atrás ia a irmã desta, de 22. Ambas de apelido Sousa e residentes em Oeiras", explicou um dos informadores.
Depois de saírem de uma discoteca, os jovens preparavam-se para ir para casa.
"No semáforo onde eles tiveram de parar, já estava um táxi", referiu. Foi então que o inesperado aconteceu. Um BMW surgiu, a descer a Avenida Infante Santo, a alta velocidade. Por esse motivo foi incapaz de travar, e embateu com força nas traseiras do Rover, que por sua vez foi chocar com o táxi, onde para além do motorista, seguiam três mulheres.
A partir daqui, tudo se passou muito depressa. Quando os bombeiros e a PSP chegaram ao local, já não encontraram ninguém no interior do BMW. "Os únicos testemunhos são das três ocupantes do táxi. Elas dizem que viram um ou dois vultos a fugir", salientou outro informador.
Se no táxi não houve feridos, no interior do Rover o cenário foi bem diferente. A jovem de 22 anos que seguia no banco de trás teve morte imediata. A irmã, no lugar do pendura, e o condutor, sofreram ferimentos ligeiros, tendo ambos recebido alta, ao final da tarde de ontem, respectivamente dos hospitais de S. José e S. Francisco Xavier.
À PROCURA DOS CULPADOS
INVESTIGAÇÃO
A fuga dos causadores do acidente desencadeou, de imediato, um processo de inquérito. O objectivo é identificar os indivíduos, que, após a sua detenção, poderão, ao que apurámos, enfrentar acusações de homicídio.
PISTAS
A única pista com que a PSP conta, neste momento, é o BMW que causou o fatal acidente. Ontem, segundo apurou o CM, não tinha ainda sido possível descobrir o paradeiro do proprietário da viatura, que não é furtada.
CADÁVER
A única vítima mortal do acidente, uma jovem de 22 anos, não resistiu aos ferimentos. A violência do impacto causou-lhe morte imediata. O seu corpo foi transportado para as morgues do Hospital Júlio de Matos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)