Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Cavaco e Sócrates confiantes com acção de bombeiros

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, destacou esta sexta-feira que o dispositivo de combate aos incêndios "está em condições de responder às ocorrências", afirmando-se "bastante mais descansado quanto à capacidade" das autoridades.
13 de Agosto de 2010 às 15:08
Incêndio exigiu centenas de bombeiros
Governadora Civil do Porto, Isabel Santos, chegou a ver cenário de desolação de perto
Incêndios têm devastado zonas de mato
Cenário com cheiro a queimado em São Pedro do Sul
Bombeiros mostram resistência e sentido de dever
Chamas imparáveis mesmo durante a noite
Bombeiro combate chamas em Viana do Castelo
Em São Pedro do Sul, o negro veio depois do vermelho
Imensa paisagem queimada em Abiúl, Pombal
Água nunca chega no combate às labaredas
Reacendimentos complicam trabalho de bombeiros
Casas estiveram em risco em Viana do Castelo
Bombeira Cristiana Josefa, de 21 anos, morreu em serviço
Incêndio exigiu centenas de bombeiros
Governadora Civil do Porto, Isabel Santos, chegou a ver cenário de desolação de perto
Incêndios têm devastado zonas de mato
Cenário com cheiro a queimado em São Pedro do Sul
Bombeiros mostram resistência e sentido de dever
Chamas imparáveis mesmo durante a noite
Bombeiro combate chamas em Viana do Castelo
Em São Pedro do Sul, o negro veio depois do vermelho
Imensa paisagem queimada em Abiúl, Pombal
Água nunca chega no combate às labaredas
Reacendimentos complicam trabalho de bombeiros
Casas estiveram em risco em Viana do Castelo
Bombeira Cristiana Josefa, de 21 anos, morreu em serviço
Incêndio exigiu centenas de bombeiros
Governadora Civil do Porto, Isabel Santos, chegou a ver cenário de desolação de perto
Incêndios têm devastado zonas de mato
Cenário com cheiro a queimado em São Pedro do Sul
Bombeiros mostram resistência e sentido de dever
Chamas imparáveis mesmo durante a noite
Bombeiro combate chamas em Viana do Castelo
Em São Pedro do Sul, o negro veio depois do vermelho
Imensa paisagem queimada em Abiúl, Pombal
Água nunca chega no combate às labaredas
Reacendimentos complicam trabalho de bombeiros
Casas estiveram em risco em Viana do Castelo
Bombeira Cristiana Josefa, de 21 anos, morreu em serviço

O Chefe de Estado falava aos jornalistas no final de um briefing de duas horas na sede da Autoridade Nacional de Protecção Civil, em Lisboa, em que participaram também o primeiro-ministro, José Sócrates, e o ministro da Administração Interna, Rui Pereira.  

Cavaco Silva considerou que "o dispositivo tem estado perante uma grande pressão, mas tem respondido com uma boa capacidade, de forma positiva". 

"Constato que o dispositivo que aqui foi apresentado está em condições  de responder às ocorrências que podem surgir. É preciso que os portugueses  tenham consciência que a situação é difícil, mas que devido às temperaturas elevadas e à baixa humidade, é provável que elas continuem a surgir nos  próximos tempos", referiu o Presidente, que acrescentou que há "boa coordenação, boa cooperação entre as diferentes forças".   

"Foi-nos fornecido um briefing muito completo. Fiquei bastante mais descansado quanto à capacidade dos nossos bombeiros, das mulheres e dos  homens e de todo o dispositivo que colabora neste serviço, que é de uma importância maior para a defesa do nosso território", sustentou.  

Também no local, o primeiro-ministro, José Sócrates, classificou de "muito positiva" a capacidade operacional do dispositivo de combate aos incêndios e destacou que o grau de eficácia "melhorou muito nos últimos anos".  

"O que é importante destacar é que a capacidade operacional do dispositivo de combate aos incêndios tem-se revelado muito positiva", disse.
 
O primeiro-ministro destacou que "se compararmos o número de ignições, as condições meteorológicas que ocorreram em anos excepcionais como 2003 e 2005, verificaremos que o grau de eficácia de combate aos incêndios melhorou muito nestes últimos anos".   

Ver comentários