Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Celebração da IURD com agressões

Segundo a queixosa, o pastor pediu aos fiéis uma contribuição para pagar 1200 euros de luz.
A.S.M. 6 de Junho de 2017 às 09:05
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
Uma mulher, de 61 anos, apresentou queixa numa esquadra da PSP do Porto por agressões de que diz ter sido vítima por parte de um segurança durante uma celebração na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), no dia 29 de maio.

O segurança nega as agressões.

Segundo a queixosa, o pastor pediu aos fiéis uma contribuição para pagar 1200 euros de luz.

A mulher negou ajuda, o que originou uma acesa discussão que acabou com um segurança a agredir a vítima.
pastor PSP Porto Igreja Universal do Reino de Deus IURD polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)