Centenas de pessoas manifestam-se contra dragagens no Sado

Manifestantes afirmam que "não se percebe como um projeto com este impacto ambiental está a avançar".
13.10.18
Mais de 500 pessoas entoaram este sábado palavras de ordem numa manifestação em defesa do rio Sado e contra as dragagens no estuário do Sado, que decorreu em Setúbal.

"Custe o que custar, doa a quem doer, o Sado é para defender" foi uma das palavras de ordem entoadas pelos manifestantes.

"Isto é um atentado ao rio Sado. Os golfinhos vão desaparecer, a retirada da areia do fundo do mar vai fazer desaparecer a flora e o rio vai morrer, porque vão retirar o alimento aos golfinhos e aos peixes", disse o jovem Rui Venâncio, de 19 anos, um setubalense que reside em Aljustrel, mas que vem regularmente à cidade onde nasceu e que este sábado fez questão de marcar presença na manifestação.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!