Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Centenas homenageiam paraquedista que morreu durante exercício militar

Manuel Gonçalves morreu aos 34 anos, num salto na base aérea de Beja.
Sérgio A. Vitorino 29 de Setembro de 2019 às 09:19
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Centenas de antigos e atuais paraquedistas reuniram-se este sábado no Regimento de Paraquedistas, Tancos, em homenagem ao primeiro-sargento Manuel Gonçalves, que morreu sexta-feira, aos 34 anos, num salto na base aérea de Beja.

A sucessão de falhas é investigada: o paraquedas principal não abriu, o de reserva também não, e o sistema barométrico Cypres que deveria abrir o reserva falhou. O militar era de Lordelo, Paredes.

O velório é na capela do Regimento até às 12h00 deste domingo, e após missa segue para câmara-ardente na Igreja do Foco, na Boavista (Porto). Segunda-feira, às 13h45, haverá missa, após a qual o corpo seguirá para o crematório de Paranhos.
Regimento Tancos Beja Manuel Gonçalves questões sociais política defesa morte forças armadas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)