Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Centro desportivo garantido

O complexo turistico-desportivo previsto para Bensafrim (Lagos) “deverá avançar, com ou sem Eriksson, face à vontade dos proprietários do terreno e aos passos já dados para a sua concretização, em particular a classificação como Projecto de Interesse Nacional (PIN)”, diz o presidente da autarquia lacobrigense, Júlio Barroso.
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
Nos últimos dias foi aventado um alegado desinteresse de Eriksson, que estaria a virar as suas atenções para Espanha. “Já ouvi falar em tantas localizações, desde o Brasil à África do Sul, passando pelo Alentejo, Turquia, Tunísia ou Espanha... Tenho cartas pessoais de Eriksson a manifestar interesse no projecto e acredito que, se tivesse desistido, já me terei feito chegar essa intenção.”
Júlio Barroso sabe de dificuldades surgidas entre o dono do terreno, um holandês, e os representantes de Eriksson. “Surgiram divergências mas pelo menos três outras empresas já manifestaram interesse em avançar com o projecto, caso Eriksson recue.”
Importante, para Júlio Barroso, “é que o projecto se concretize, dada o seu interesse para o concelho. De preferência com Eriksson ou, então, com outras pessoas.” Em causa está um investimento de três milhões de euros, que criará 350 postos de trabalho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)