Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Chamas deixam casas em risco

Dezenas de casas estiveram ameaçadas por um incêndio que deflagrou, ontem de manhã, no lugar de Vermoim, em Ossela, Oliveira de Azeméis. Num caso menos grave, em Eira Vedra, Vieira do Minho, os bombeiros também viveram momentos difíceis.
24 de Março de 2011 às 00:30
Dezenas de habitações do lugar de Vermoim, Oliveira de Azeméis, estiveram ameaçadas por um incêndio
Dezenas de habitações do lugar de Vermoim, Oliveira de Azeméis, estiveram ameaçadas por um incêndio FOTO: direitos reservaods

Em Vermoim, o fogo teve origem numa queimada que fugiu ao controlo de um popular, que, desesperado, pediu socorro aos bombeiros de Oliveira de Azeméis.

"Acudam-me, acudam-me, que o fogo vai destruir a minha casinha!", gritava uma moradora, enquanto os vizinhos se socorriam do que podiam. "Por favor, ajudem-me!", gritava outra mulher, com criança ao colo, ao olhar para as chamas que avançavam rapidamente para as casas.

"O tempo seco, o vento forte e o facto de se tratar de uma encosta facilitou a propagação das chamas", explicou ao CM Paulo Vitória, comandante dos bombeiros de Oliveira de Azeméis.

Em Vieira do Minho, a situação não foi tão aflitiva, já que as chamas lavraram apenas em zona de floresta, longe das casas.

Mas o vento forte não ajudou o trabalho dos bombeiros, fazendo o fogo alastrar rapidamente.

Já o bombeiro que anteontem ficou ferido, em Amares, continua internado no Hospital de Braga, onde ainda hoje será ser operado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)