Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Chefe da PSP julgado por matar colega

O chefe da PSP José Carlos Frias Marques, que a 2 de Março deste ano matou acidentalmente com um disparo da sua arma de serviço o agente Filipe Cambraia, de 24 anos, na esquadra do bairro da Horta Nova, em Lisboa, foi acusado pelo Ministério Público de homicídio por negligência grosseira.
7 de Outubro de 2011 às 01:24
Filipe Cambraia foi morto com tiro na barriga
Filipe Cambraia foi morto com tiro na barriga FOTO: d.r.

O graduado, que está de baixa psicológica desde então, vai a julgamento. Para o Ministério Público, a morte do agente Cambraia ocorreu quando este e o chefe Marques estavam sentados à mesma mesa na esquadra – iam fazer segurança a um Benfica-Sporting – e o último tirou a arma do coldre. José Marques efectuou manobras na pistola Glock 19, pressionando o gatilho. Um disparo acidental ocorreu, atingindo o agente Cambraia na barriga. O jovem polícia morreu pouco depois.

filipe cambraia morte esquadra polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)