Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Chefe da PSP julgado por vender televisão pirata em Santarém

Cobrava 75€ por box. Tinha 125 clientes de todo o País.
João Nuno Pepino 29 de Abril de 2019 às 01:30
Televisão
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Detido
Televisão
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Detido
Televisão
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Detido
Um chefe da PSP vai começar a ser julgado no Tribunal de Santarém por, durante quatro anos, vender boxes adulteradas de TV por cabo e cobrar uma mensalidade paralela para fornecer o acesso ilegal aos canais pagos das operadoras comerciais.

O arguido, que prestava serviço na Escola Prática de Polícia de Torres Novas, vai responder pelos crimes de acesso ilegítimo, detenção e venda de dispositivos ilícitos e usurpação de direitos de autor.

O polícia de 59 anos foi detido em dezembro de 2013 em casa, na Golegã, numa operação da PJ após queixa da operadora NOS.

Os inspetores apreenderam dois computadores, um que era usado como servidor de partilha de canais codificados, e outro onde eram visíveis os IP de quem partilhava o sinal de televisão através de um esquema conhecido por ‘cardsharing’.

Segundo o despacho de instrução, o polícia chegou a ter 125 clientes de todo o País, a quem cobrava uma mensalidade de 10 euros pelos códigos de acesso aos canais premium e vendia as 'boxes' que o próprio programava a 75 euros a unidade.

Os pagamentos eram feitos em dinheiro pelos clientes da zona ou por transferência bancária.

Pormenores
Prejuízo
O Ministério Público estima que o arguido provocou um prejuízo de 70 mil euros à operadora, tendo por base o valor que a NOS deixou de receber pelo acesso aos canais, uma vez que o arguido fornecia-o a um preço mais baixo.

Publicidade na escola
Neste processo, vão ser julgados dois ‘clientes’ do chefe da PSP, que foram constituídos arguidos pelo crime de acesso ilegítimo.

O polícia chegou a "publicitar" a sua atividade dentro da própria Escola Prática de Polícia de Torres Novas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)