Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Chefe de estação vai ser julgado por morte

Olga Lopes, de 74 anos, foi colhida mortalmente após cair na linha do comboio.
Ana Isabel Fonseca 11 de Fevereiro de 2017 às 09:40
Olga Lopes foi atropelada mortalmente por um comboio regional na estação de Mosteirô, em Baião, em agosto de 2013
Olga Lopes foi atropelada mortalmente por um comboio regional na estação de Mosteirô, em Baião, em agosto de 2013 FOTO: Ana Isabel Almeida
Um chefe da estação de Mosteirô, em Baião, vai ser julgado por provocar a morte de uma idosa, em agosto de 2013. O arguido deu ordem para que um comboio arrancasse sem se certificar de que a linha estava desimpedida e que não estava ninguém em perigo. A composição avançou e atropelou mortalmente Olga Lopes, de 74 anos, que tinha momentos antes caído nos carris.

O juiz de instrução do Tribunal de Marco de Canaveses pronunciou agora o arguido por um crime de homicídio por negligência, confirmando assim a acusação deduzida pelo Ministério Público.

O despacho de pronúncia dá conta de que o acidente ocorreu pelas 10h30. Olga Lopes, residente em Baguim do Monte, Gondomar, estava com o marido. Iam passar uns dias a Bossas, em Cinfães, de onde o homem era natural.

Após descer do comboio, Olga caiu na linha duas vezes. Foi nessa altura que o chefe da estação deu ordem ao maquinista do comboio regional para arrancar, não se tendo apercebido de que a idosa estava à frente do mesmo.

A mulher foi colhida pela composição, que tinha como destino a Régua, e morreu no local do acidente. Algumas pessoas ainda tentaram ajudar a vítima a sair da linha antes daquela ser atingida, mas sem sucesso. O marido de Olga Lopes assistiu a tudo e ficou em estado de choque.

O processo segue agora para julgamento. O arguido arrisca uma pena que pode chegar aos três anos de prisão.
Mosteirô Baião Olga Lopes Ministério Público Baguim do Monte Gondomar Cinfães julgamentos morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)