Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Choque brutal no IP3 mata filha de militar

Acidente que envolveu carro de Susana Seabra, uma ambulância e carro funerário fez mais seis vítimas.
Tiago Virgílio Pereira 4 de Outubro de 2016 às 01:45
IP3 cortado após acidente com um morto e seis feridos
Uma mulher de 33 anos, filha de um militar da GNR na reforma, morreu ontem de manhã na sequência de um acidente brutal ocorrido no IP3, em Tondela – e que envolveu ainda uma ambulância e um carro funerário. Outras seis pessoas ficaram feridas, uma das quais em estado grave.

O alerta foi dado pelas 10h30. O choque entre o veículo ligeiro e uma ambulância da Cruz Vermelha Portuguesa da delegação de Santar fazia prever o pior. A condutora e única ocupante do automóvel, Susana Seabra, morreu no local. Na ambulância, que circulava também na direção de Coimbra, seguiam o condutor, o tripulante, uma doente – que sofreu ferimentos graves – e um acompanhante.

Mas no acidente também esteve envolvido um carro funerário, que se despistou e ficou imobilizado a cerca de 50 metros semicapotado. Daí resultaram os outros dois feridos.

Todas as vítimas foram assistidas no Hospital de Viseu. O corpo de Susana foi removido para a morgue do mesmo hospital. As causas estão a ser investigadas pela GNR, mas tudo indica que o acidente tenha acontecido por uma ultrapassagem mal calculada. "Eu não sei o que aconteceu. Só vi o carro no ar e depois deu-se a colisão", disse ao CM um dos ocupantes da ambulância. Segundo Carlos Dias, comandante dos Bombeiros Voluntários de Tondela, disse ao CM, "nesta zona não devia haver acidentes porque o piso é bom e é uma reta".

A via esteve cortada ao trânsito nos dois sentidos do IP3 durante cerca de quatro horas para trabalhos de limpeza e remoção de três veículos.
choque IP3 filha militar morte Susana Seabra acidente ambulância carro funerário vítimas feridos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)