Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Chuva faz prolongar perícias ao Retail Park

As perícias da Polícia Judiciária (PJ) aos escombros do Retail Park de Portimão, destruído por um incêndio na madrugada do dia 23 de Setembro, deverão prolongar-se ainda por "pelo menos mais uma semana", apurou ontem o CM junto de fonte policial.
5 de Novembro de 2012 às 01:00
As investigações da PJ no interior dos escombros estão a ser dificultadas pelo mau tempo
As investigações da PJ no interior dos escombros estão a ser dificultadas pelo mau tempo FOTO: Miguel Veterano Júnior

As fortes chuvadas que nos últimos tempos têm caído na região complicaram muito o trabalho dos investigadores, que têm sido obrigados a suspender as operações.

Os peritos – uma equipa de oito elementos, que inclui técnicos do Laboratório de Polícia Científica da PJ – estão a procurar determinar as causas do fogo com o apoio de máquinas, nomeadamente monta-cargas, que removem os escombros à medida que se avança no teatro de operações.

As investigações, muito morosas, revestem-se de especial complexidade dada a grande área que foi destruída pelo incêndio (cerca de 15 mil metros quadrados) e também pela quantidade de material das sete megalojas (Decathlon, De Borla, Aki, Moviflor, Staples, Rádio Popular e Continente).

A putrefacção de bens alimentares no Continente causou, entretanto, muito desconforto aos moradores de Chão das Donas, em particular pelo mau cheiro, que tem reduzido nos últimos tempos, e moscas que, constatou ontem o CM no local, continuam a ser um incómodo.

INCÊNDIO PJ INVESTIGAÇÕES MAU TEMPO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)