Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Cinco ambulâncias com doentes paradas à porta do Hospital Amadora-Sintra por falta de macas

Resta apenas uma ambulância à corporação dos bombeiros de Agualva, que está empenhada para ocorrências de combate a fogos.
Miguel Curado e Bernardo Esteves 14 de Janeiro de 2021 às 20:04
Hospital Amadora-Sintra
Fila de ambulâncias no hospital de Vila Franca de Xira
Hospital Amadora-Sintra
Fila de ambulâncias no hospital de Vila Franca de Xira
Hospital Amadora-Sintra
Fila de ambulâncias no hospital de Vila Franca de Xira
Desde as 17h00 desta quinta-feira que cinco ambulâncias dos bombeiros de Agualva, Sintra, estão paradas à porta do Hospital Amadora-Sintra com doentes no interior.

Três dos doentes, sabe o CM, são casos positivos de Covid-19.

Segundo fonte desta corporação disse ao nosso jornal, a única indicação que existe é que a unidade hospitalar não dispõe, para já, de macas para encaminhar os doentes para assistência médica.

Resta apenas uma ambulância à corporação, que está empenhada para ocorrências de combate a fogos.

A situação repete-se, por exemplo, no hospital de Vila Franca de Xira onde dezenas de ambulâncias dos bombeiros chegaram a esperar 10 horas no porque as macas não eram libertadas devido ao congestionamento dos serviços.
Hospital Amadora-Sintra Agualva Sintra saúde hospitais
Ver comentários