Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Detidos supeitos de assaltar casa de António Rodrigues

GNR recuperou dezenas de relógios e peças de joalharia furtadas.
4 de Janeiro de 2017 às 13:02
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância
 Mansão do comendador António Rodrigues é conhecida de todos. Alarme estava desligado e a casa não tem videovigilância

São uma rede grande, composta por dezenas de indivíduos, organizados em vários grupos pequenos. De nacionalidade estrangeira, na sua maioria chilena, têm atacado em Portugal e Espanha. Elementos deste grupo foram detidos esta quarta-feira no Algarve. Estarão ligados à rede que assaltou a casa do comendador António Rodrigues. 

O grupo detido em Almancil é constituído por cinco homens, de nacionalidade chilena, com idades compreendidas entre os 23 e os 41 anos, suspeitos de assaltos a outras casas no Algarve e na região da Grande Lisboa. Segundo fonte policial, entre as peças descobertas pelas autoridades não consta nenhuma das que foram roubadas da casa do comendador. Mas a investigação continua no sentido de apurar se os homens agora detidos tiveram algum contacto com os objetos levados da casa do magnata de Oliveira de Azeméis.

"No seguimento do furto a uma habitação no concelho de Faro, os militares vieram a localizar um veículo aí furtado já na localidade de Almancil, sendo que no decurso das diligências detiveram em flagrante três indivíduos", lê-se no comunicado da GNR.

"No seguimento da busca domiciliária à residência dos visados, foram detidos outros dois elementos do grupo, constatando-se que na habitação se encontravam diversos objetos furtados e ainda um automóvel subtraído de uma habitação na zona de Almada", acrescenta-se.

Foram recuperadas 70 peças de joalharia, 45 relógios, três automóveis de gama alta, duas pistolas 6.35mm, cinco telemóveis, uma máquina fotográfica, vários aparelhos informáticos, dezenas de óculos, mochilas e malas de viagem e c
erca de 2500 euros em numerário.

Os detidos, serão presentes a tribunal esta quinta-feira.

A 29 de dezembro, o CM já tinha noticiado a detenção de três chilenos na Costa da Caparica. Estarão relacionados com a rede que se dedica a assaltar casas.

Almancil Faro Almada polícia residências
Ver comentários