Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Militar da GNR na reserva é o único sobrevivente do naufrágio na Figueira da Foz

Presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, confirmou as quatro vítimas mortais.
Sérgio A. Vitorino, Luís Oliveira, Paula Gonçalves e Lusa 13 de Novembro de 2021 às 09:28
A carregar o vídeo ...
Quatro mortos e um ferido grave em naufrágio na Figueira da Foz
Quatro pessoas morreram na manhã deste sábado num náufragio de uma embarcação de pesca na Figueira da Foz. Um quinto tripulante ficou gravemente ferido. 

Ao que o CM apurou, o sobrevivente é um homem de 56 anos, militar da GNR na reserva. O homem foi transportado do Hospital da Figueira da Foz para Coimbra devido ao agravamento do seu estado de saúde. Entretanto, fonte do gabinete de comunicação do CHUC afirmou que o doente está "em vigilância" na unidade de cuidados intermédios e "mantém evolução favorável".

As vítimas mortais ainda não formalmente identificados. Há suspeitas que pelo menos um seja GNR.

O CM sabe que as vítimas serão de Coimbra. O Presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, reagiu à morte dos pescadores deportivos afirmando que "um conseguiu sair pelo seu próprio pé e quatro morreram entre a praia e o hospital". "A resposta foi rápida, mas nada poderam fazer", acrescentou. 

"O nevoeiro era intenso", disse Santana Lopes.

O ferido grave está "em estado de choque", disse o autarca. O presidente da câmara disse ainda que "as vítimas eram seguramente praticantes de pesca desportiva".



Um cidadão local, que testemunhou a tragédia, alegou que as vítimas são do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 50 e os 60 anos.

As vítimas foram resgatadas e levadas para o Hospital da Figueira da Foz.

O alerta foi dado às 6h54.

No local estiveram os bombeiros sapadores e voluntários, o INEM e um helicóptero da Força Aérea.
naufrágio Figueira da Foz embarcação
Ver comentários