Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Cinco meses sem identidade

Um homem de 70 anos, residente em Portel, está há cinco meses à espera do Cartão do Cidadão (CC). O descontentamento com esta situação é revelado pelo seu cunhado, Filipe Mendes, que tem tratado do processo por José Mata, titular do cartão em falta, por este ser dependente de terceiros. Pedido a 17 de Janeiro, o documento que engloba Número de Identidade Civil, Número de Segurança Social, Número de Utente de Saúde e Número de Identificação Fiscal continua sem chegar.

23 de Junho de 2008 às 00:30
Filipe Mendes espera pela entrega do documento ao familiar. Por enquanto, identifica-o com o comprovativo
Filipe Mendes espera pela entrega do documento ao familiar. Por enquanto, identifica-o com o comprovativo FOTO: Pedro Galego

"Há cinco meses que está sem identidade. Queremos levá-lo de férias, tratar de assuntos burocráticos e em alguns locais não aceitam o comprovativo de inscrição do CC", disse o familiar Filipe Mendes, que alega ainda que sem documento final o titular não pode fazer uma escritura ou abrir uma conta bancária, algumas das situações já dificultadas pela falta do documento único.

Contactado pelo CM, o Registo Civil de Portel disse que o cruzamento de dados entre as várias entidades e registos agora presentes no CC pode vir a atrasar o processo se forem detectadas falhas de concordância. "Nomes diferentes nos cartões, ou um simples código postal alterado, podem provocar atrasos", referiu a repartição.

A Conservatória diz ainda que o comprovativo da inscrição não tem prazo de validade e que pode ser utilizado como identificação até que o documento final seja entregue e que deve ser aceite como se do CC se tratasse.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)