Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Cinco mortos em dois dias de ida e volta

Cinco mortos e pelo menos 16 feridos graves. Era este o balanço provisório às 20h00 de ontem, dos dois primeiros dias da operação ‘ida e volta’ – levada a cabo pelos cerca de 2000 militares da GNR, que patrulham as estradas portuguesas desde as 00h00 de sexta e as 24h00 de amanhã.
14 de Agosto de 2005 às 00:00
Cerca de dois mil militares da GNR patrulham as estradas, num fim-de-semana prolongado marcado pelo início e final de férias
Cerca de dois mil militares da GNR patrulham as estradas, num fim-de-semana prolongado marcado pelo início e final de férias FOTO: José Carlos Campos
Só na sexta-feira, a Brigada de Trânsito registou três mortos, oito feridos graves e 105 ligeiros – consequência dos 335 acidentes registados nas estradas nacionais.
A quarta vítima mortal foi um motociclista, que morreu após a colisão com um automóvel, às 06h45 de ontem, ao quilómetro 61 da EN-1, junto a Casais de Santa Teresa, Leiria.
Pouco passava das 15h00 e mais dois acidentes graves, agora no distrito de Beja. Primeiro na A2, quilómetro 153, sentido Norte-Sul – o despiste de um automóvel provocou ferimentos graves em três dos ocupantes.
O segundo acidente teve lugar minutos depois em Castelões, Odemira – novo despiste originou um morto, o quinto da operação ‘ida e volta’, e um ferido grave.
No IC2, junto ao Carregado, mais dois feridos graves – após choque entre um automóvel e um pesado que transportava combustíveis.
Ontem, dia escolhido por muitos para regressar a casa ou seguir para férias, o trânsito na A1 foi muito intenso durante a manhã, chegaram a formar-se filas com mais de dez quilómetros entre a área de serviço de Santarém e a portagem de Torres Novas, no sentido Sul/Norte.
Também na A1, mas na zona de Coimbra, era no sentido Porto-Lisboa que se registava muito trânsito e ainda no IP3, em direcção a Viseu.
Ao final da tarde, as atenções da BT mantinham-se “essencialmente na auto-estrada do Norte, devido à peregrinação a Fátima, com especial incidência para a saída daquela cidade e à zona da Mealhada”, conforme disse ao CM fonte da BT.
Quanto à ligação Lisboa-Algarve, pela A2, o trânsito processava-se, cerca das 20h00, com normalidade nos dois sentidos. “Não esperávamos grandes congestionamentos para hoje [ontem]”, referiu a mesma fonte.
E explicou porquê: “Com o fim-de-semana prolongado as pessoas dividem-se no regresso de férias, mas o grande problema será, em princípio, segunda-feira – poderá haver pontos de conflito, sobretudo na zona das portagens”.
OUTROS PORMENORES
ÁLCOOL
Só no primeiro dia de operação, sexta-feira, a BT apanhou 59 condutores com excesso de álcool no sangue. Destes, 21 foram detidos por apresentarem uma taxa igual ou superior a 1,2 g/l. Foram ainda detectados e multados 252 condutores por excesso de velocidade e oito detidos por não terem carta de condução.
SEGURANÇA
O primeiro dia de fiscalização ficou igualmente marcado pela detecção de 91 veículos cujos ocupantes não usavam cintos de segurança ou cadeiras próprias para as crianças. A BT levantou ainda 10 autos de contra--ordenação por circulação de veículos sem seguro de responsabilidade civil obrigatório.
VELOCIDADE
A BT tem especial atenção ao controlo de velocidade e à carga dos veículos, concentrando-se mais nas auto-estradas, itinerários principais (IP) e complementares (IC). A condução agressiva – circular colado aos automóveis da frente e ultrapassagens perigosas – também merece a atenção das autoridades.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)