Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Clã búlgaro na cadeia

Grupo rouba cartões de multibanco. Dezanove condenados.
Nelson Rodrigues 8 de Março de 2017 às 08:48
Todos os arguidos julgados estão em prisão preventiva
Todos os arguidos julgados estão em prisão preventiva FOTO: CMTV
Foram condenados a penas entre os nove e os 17 anos de cadeia, 19 dos 21 arguidos de nacionalidade búlgara que durante quatro anos roubaram cartões multibanco a idosos de norte a sul do País.

Dois dos suspeitos, que atacaram 150 vítimas, foram absolvidos e restituídos à liberdade, na terça-feira à tarde, após a leitura do acórdão no tribunal de S. João Novo, no Porto.

Além das penas efetivas, os arguidos têm ainda de pagar indemnizações às vítimas, que ascendem aos 50 mil euros. Em causa estavam crimes de associação criminosa, roubo, burla informática qualificada e furto qualificado. Os arguidos, que estavam todos em prisão preventiva, podem agora vir a cumprir as penas na Bulgária.

Os crimes remontam ao período entre 2009 e 2013. O grupo condenado pertence ao ‘clã Roma’, também denominado ‘Kardarashi’, em que as famílias, desde o nascimento, incutem aos filhos que ser carteirista é uma arte e negócio familiar. A pena mais pesada foi aplicada ao homem considerado o cabecilha do esquema, que consistia em decorar o código do cartão multibanco, para depois o roubar e fazer levantamentos.
cartões de multibanco clã búlgaro cadeia porto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)