Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Código reduziu mortes

Os ministros da Administração Interna e das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Costa e Mário Lino, presidem hoje a uma cerimónia relativa aos seis meses de vigência do novo Código da Estrada.
27 de Setembro de 2005 às 00:00
O número de vítimas nas estradas desde 26 de Março foi de quase 21 mil, ainda assim menos cinco mil que no mesmo período de 2004
O número de vítimas nas estradas desde 26 de Março foi de quase 21 mil, ainda assim menos cinco mil que no mesmo período de 2004 FOTO: Luís C. Ribeiro
De acordo com a Direcção Geral de Viação, de 26 de Março (entrada em vigor do Código) a 11 de Setembro, registaram-se menos 53 mortos que em igual período do passado ano.
“O número de fiscalizações não reduziu, mas constata-se um decréscimo do número de autuações. Os condutores parecem estar mais atentos”, disse ao CM o Capitão Lourenço da Silva, oficial de serviço da Brigada de Trânsito, sem apresentar dados estatísticos.
Um estudo feito pelo Observatório de Segurança Rodoviária fala por si. Desde a entrada em vigor do diploma, morreram 494 pessoas em acidentes de viação no País, menos 53 que em período homólogo do ano anterior. O número de vítimas em acidentes (mortos e feridos) também sofreu uma redução de cinco mil pessoas: registaram-se este ano 20 912 vítimas das estradas portuguesas.
Fonte da PSP disse ao nosso jornal que também “se nota um maior cuidado nos sistemas de retenção, sejam cintos de segurança ou cadeiras para as crianças”.
Os condutores têm tido, igualmente, mais cuidado com o uso de telemóvel ao volante. Os números da Brigada de Trânsito da GNR revelam que as multas por falar ao telemóvel enquanto se conduz desceram 24,2 por cento, entre Abril e Agosto, face ao passado ano. Entre Abril e Junho, a PSP detectou 2768 infracções, menos 44 por cento das multas por falar ao telemóvel do que as passadas no ano anterior.
A Direcção Geral de Viação também fez um relatório dos acidentes ocorridos por distrito. Lisboa continua a ocupar o primeiro lugar, registando 107 vítimas mortais desde a entrada em vigor do novo Código da Estrada.
Estes e outros números serão apresentados, hoje, na cerimónia marcada para as 11h30 no auditório II da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)