Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Colisão fatal após álcool e medicação

Camionista português matou uma condutora após ter circulado em contramão numa autoestrada em Espanha.
J.T. 28 de Novembro de 2017 às 09:28
Andou 9,4 km em contramão
Guardia Civil
Guardia Civil
Andou 9,4 km em contramão
Guardia Civil
Guardia Civil
Andou 9,4 km em contramão
Guardia Civil
Guardia Civil
O camionista português que a 3 de agosto de 2015 matou uma condutora depois de ter circulado 9,4 quilómetros em contramão numa autoestrada em Villabona, Espanha, admitiu esta segunda-feira em tribunal que bebeu ao jantar uma cerveja, uma garrafa de vinho, dois copos de uísque e tomou ainda a medicação para a tensão.

Pouco depois deu-se o acidente mortal.

Carlos Manuel, de 52 anos, preso desde então, começou esta segunda-feira a ser julgado. O Ministério Público pede uma condenação de 12 anos e meio.

O camionista, que fazia a viagem entre a Alemanha e Portugal, diz que parou para jantar numa estação de serviço e que não tencionava voltar à estrada.

Diz não se lembrar da colisão.
Villabona Ministério Público Espanha Portugal camionista
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)