Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Colisão violenta mata ciclista

Um ciclista, que transitava na Estrada Nacional 125, no sentido Faro/Olhão, no sítio dos Salgados, foi ontem, cerca das 08h30, atropelado por um automóvel que seguia no mesmo sentido. Manuel Domingos Carvalho, de 70 anos, casado, antigo proprietário da Panificadora Olhanense, em Olhão, não resistiu ao embate violento e teve morte imediata. O cadáver esteve cerca de duas horas na berma da estrada, até ser recolhido pelos Bombeiros de Olhão. O trânsito esteve condicionado no local, mas não foi cortado.
23 de Agosto de 2011 às 00:30
Embate deu-se junto à berma da estrada. Cadáver esperou duas horas até ser recolhido
Embate deu-se junto à berma da estrada. Cadáver esperou duas horas até ser recolhido FOTO: Nuno Jesus

O automobilista do Citroën C4, um jovem de 20 anos, morador em Olhão, que não acusou álcool no teste de alcoolemia, não teve explicações para o acidente. Terá apenas dito às autoridades que não viu o ciclista (o sol esteve baixo e de frente) e que este terá guinado, de repente, para a faixa de rodagem.

"O vizinho Manuel tinha por hábito diário dar um passeio na sua bicicleta. Saía de manhã cedo de casa, na estrada de Pechão, junto ao Municipal de Olhão e seguia até à rotunda dos Salgados, onde invertia a marcha", explicou ao CM Analídia Ladeira, proprietária do bar ‘Contina’, que ontem, cerca das 07h30, viu a vítima sair de casa.

"Só cerca das 10h00, a vizinha Filomena, mulher do morto, muito aflita, veio perguntar-me se tinha visto o marido, pois ainda não regressara do passeio", explica a vizinha, que só mais tarde soube do desenlace fatal.

A GNR investiga o acidente, que condicionou a circulação no local durante duas horas.

olhão acidente ciclista atropelado morte en125
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)