Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Comandante da Protecção Civil "suspenso preventivamente"

O comandante operacional do Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS), Gil Martins, foi esta sexta-feira "suspenso preventivamente" por decisão do Ministério da Administração Interna (MAI), confirmou à Lusa uma fonte do sector do socorro.
4 de Março de 2011 às 19:33
Gil Martins
Gil Martins FOTO: Ricardo Reis

Gil Martins já terá recebido a informação relativa à sua suspensão, mas ainda não foi notificado oficialmente, segundo a mesma fonte.  

Outra fonte adiantou à Lusa que o MAI já terá escolhido um substituto para o cargo de comandante do CNOS, mas até ao momento o Ministério tutelado por Rui Pereira ainda não comentou o assunto, remetendo para mais tarde eventuais esclarecimentos.

O Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa está a  investigar o alegado desvio de verbas na Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em que estará envolvido Gil Martins.  

Em Novembro, ficou a saber-se que Gil Martins estava a ser investigado pelo alegado desvio de 100 mil euros entre os anos de 2007 e 2008. Gil Martins foi também alvo de um inquérito interno na ANPC, que levou à abertura de um processo disciplinar na Inspeção-Geral da Administração Interna.

protecção civil gil martins desvio dinheiro ministério administração interna
Ver comentários