Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Combate à imigração ilegal

Marinha, Força Aérea, SEF e GNR realizaram anteontem, ao largo de Sesimbra, o exercício militar Able Protector 07, que pôs à prova meios de fiscalização da imigração ilegal e actividades ilícitas no mar.
10 de Novembro de 2007 às 00:00
Simulacro contou com a participação de fragata da Marinha
Simulacro contou com a participação de fragata da Marinha FOTO: José Sena Goulão, Lusa
Durante o simulacro foi treinado o cenário da descoberta de 60 imigrantes ilegais a bordo de um navio mercante, que pretendia desembarcar algures na costa portuguesa.
O exercício decorreu sob o âmbito da iniciativa 5 5 que engloba Espanha, França, Itália, Malta, Argélia, Líbia, Marrocos, Mauritânia e Tunísia.
Na operação estiveram presentes elementos da Força Aérea Portuguesa, Marinha, GNR e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.
O Comandante Pedro Carmona, porta-voz do Estado-Maior General das Forças Armadas, explicou ao CM a importância do País estar preparado para estas missões: “É possível que Portugal se venha a tornar numa porta para a imigração ilegal por via marítima, caso Gibraltar se transforme numa via inviável, face ao aumento da fiscalização.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)