Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Combate ao trabalho escravo

O Sindicato da Construção do Norte (SCN) reclamou ontem uma acção concertada das inspecções de trabalho e dos serviços de segurança social ibéricos para travar a exploração de trabalhadores portugueses do sector em Espanha.
19 de Janeiro de 2007 às 00:00
Nova vaga vai atrair mais 7 mil
Nova vaga vai atrair mais 7 mil FOTO: Natália Ferraz
Esta exigência foi expressa num documento, ontem distribuído na fronteira de Quintanilha, Bragança, a uma semana de um encontro sobre a matéria, que dia 25 reunirá, em Lisboa, as inspecções de trabalho e sindicatos dos dois países.
No documento perspectiva-se uma nova vaga migratória de trabalhadores da construção para Espanha e outros países europeus, que pode espoletar novas situações de alegado trabalho escravo.
Segundo o sindicato, há já 70 mil trabalhadores da construção em Espanha, número que deverá subir aos 80 mil em Abril.
A nova vaga migratória deverá levar mais sete mil trabalhadores do sector para França, Inglaterra, Noruega e Dinamarca.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)