Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Explorações pecuárias em risco devido à greve: animais só têm alimento até amanhã

Industriais de alimentos interpelam o primeiro-ministro "a solucionar a situação da greve com a maior brevidade possível".
Lusa 17 de Abril de 2019 às 13:45
Longas filas nos postos de combustível
Longas filas nos postos de combustível
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa
Longas filas nos postos de combustível
Longas filas nos postos de combustível
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa
Longas filas nos postos de combustível
Longas filas nos postos de combustível
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa
Camiões com combustível escoltados pela GNR a caminho do Aeroporto de Lisboa

Industriais de alimentos para animais afirmaram esta quarta-feira que explorações pecuárias podem ficar sem rações na quinta-feira, se não for resolvida a crise dos combustíveis, e interpelam o primeiro-ministro "a solucionar a situação com a maior brevidade possível".

A Associação dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais (IACA) "prevê rutura de fornecimento às explorações pecuárias nacionais, caso não seja resolvida a crise dos combustíveis, e interpela o primeiro-ministro, António Costa, a solucionar a situação com a maior brevidade possível", segundo um comunicado enviado à agência Lusa.

A IACA enviou uma interpelação ao primeiro-ministro, solicitando que "a situação não seja descurada, que o setor da alimentação animal seja contemplado na definição dos serviços mínimos, e que através do envolvimento dos ministros da Economia, Agricultura e Administração Interna sejam envidados todos os esforços para que seja possível repor o abastecimento de combustíveis" a estas empresas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)