Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Comerciante oferece recompensa após furto em funeral

Assaltantes levaram do interior do carro cerca de 5000 euros e agendas indispensáveis para o lesado, na Póvoa de Varzim.
Ana Silva Monteiro 21 de Setembro de 2019 às 10:04
A carregar o vídeo ...
o interior do carro cerca de 5000 euros e agendas indispensáveis para o lesado, na Póvoa de Varzim.
O carro de Artur Ferreira foi assaltado, na manhã de quinta-feira, enquanto o homem estava num funeral, na igreja de Amorim, Póvoa de Varzim.

Do interior da viatura, foram levados cerca de 5 mil euros, documentos e agendas com informações importantes relativamente à empresa de venda de animais da qual o lesado é proprietário. Pelas redes sociais, Artur promete uma recompensa a quem encontrar e devolver o que lhe foi furtado. A vítima apresentou queixa na GNR, que investiga o caso.

"Estacionei o carro em frente à igreja pelas 10h25. Participei no funeral e, já depois das 11h00, quando cheguei ao carro, percebi que a porta do lado do condutor estava encostada. Fui logo ao tablier e o dinheiro não estava lá. Também conseguiram abrir a mala, e foi daí que levaram a documentação, que é o que mais me preocupa", explicou ao CM Artur Ferreira.

O homem alertou logo as autoridades. "O meu carro funciona como um escritório, tinha lá tudo. E os documentos são mesmo muito importantes. Principalmente as agendas, onde tenho apontado muito do meu trabalho. Peço: se alguém as encontrar que venha ter comigo, falamos e estou disposto a recompensar pelo ato", vincou.

Esta é a primeira vez que Artur Ferreira é assaltado. "Sempre andei com as coisas no automóvel e nunca passei por esta situação. Nem consegui dormir bem. Acho que quem me assaltou sabia que eu tinha ali o dinheiro e os documentos", concluiu o comerciante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)