Como o Benfica se preparou para as buscas da PJ

Memorando da Vieira de Almeida enviado à Benfica SAD aconselhou como agir em caso de buscas da Polícia Judiciária.
11.01.19
Imagine que a Benfica SAD é alvo de buscas. "E agora?" O que não fazer: "informar ou comentar com outras pessoas (dentro e fora da organização) a visita – a diligência é confidencial -" e "recusar a entrada nas instalações ou deixar os inspetores muito tempo à espera na receção ou sozinhos". O que fazer? "encaminhar os inspetores para uma sala de reuniões" e "informar imediatamente a Administração: atenção que os inspetores conseguem ouvir o que disser".

Estas são algumas das indicações que constam no "Guia de consulta rápida - Buscas: E Agora?", elaborado pela sociedade de advogados Vieira de Almeida em Junho de 2017 e enviada à Benfica SAD. A SÁBADO pediu esclarecimento à Vieira de Almeida, aguardando comentário oficial.

De acordo com o documento, já referido pela SÁBADO na primeira investigação ao caso dos emails e cujo conteúdo foi recentemente divulgado pelo blogue "mercado de benfica", os conselhos estão divididos por áreas: "receção", "secretariado", "administração", "departamento informático" e "todos os serviços".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!