Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Compra chicletes e assalta bomba

O indivíduo entrou anteontem à noite no posto de venda de combustíveis da Repsol Nova Autoni, em Vila das Aves, e comprou duas pastilhas elásticas. Pagou os vinte cêntimos e depois apontou uma pistola à funcionária, exigindo-lhe o dinheiro da caixa. Levou 215 euros.

3 de Abril de 2009 às 00:30
É a segunda vez, em pouco mais de dois meses, que a gasolineira Nova Autoni é assaltada
É a segunda vez, em pouco mais de dois meses, que a gasolineira Nova Autoni é assaltada FOTO: José Rebelo

À hora do assalto, pelas 22h45, no posto na avenida Indústria Têxtil, só estava a funcionária e um cliente. Nenhum ofereceu resistência.

O assaltante actuou de cara destapada, chegou a pé e entrou na loja de conveniência com naturalidade. E até esperou pela sua vez. Depois de comprar e pagar as duas pastilhas elásticas, sacou da arma que trazia escondida e anunciou que era um assalto.

A funcionária e o cliente ficaram surpreendidos com a abordagem do assaltante. De pistola em punho exigiu à empregada que lhe entregasse rapidamente todo o dinheiro. A mulher deu-lhe as notas que tinha na caixa registadora e o assaltante fugiu a correr, desaparecendo entre a escuridão daquela zona.

A GNR de Vila das Aves fez as primeiras diligências no local. Mas a investigação deste caso passou para a Polícia Judiciária do Porto que tem, ainda a seu cargo, o assalto efectuado à mesma gasolineira, na noite de 17 de Janeiro deste ano. Nessa vez, um homem armado levou dinheiro e alguns maços de tabaco.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)