Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

COMUNIDADE PORTUGUESA NA VENEZUELA PASSA DIFICULDADES

A missão católica portuguesa em Caracas, na Venezuela, alertou, este domingo, para o facto de um grande número de emigrantes portugueses radicados naquele país estarem a passar por dificuldades e, em muitos casos, a passar fome.
8 de Fevereiro de 2004 às 13:06
O assunto foi abordado num encontro promovido pela secretaria de Estado das Comunidades, que decorre entre hoje e terça-feira em Setúbal, e que tem como tema central os problemas das comunidades emigrantes portuguesas.
Os emigrantes portugueses não estão a conseguir resistir à crise que abalou a Venezuela no último ano.
Alexandre Mendonça, padre da missão católica portuguesa em Caracas, refere que “a grande maioria (de portugueses) têm necessidade de referências no âmbito económico”.
Este cenário foi confirmado pelo secretário de Estado das Comunidades, José Cesário. O responsável salientou que, presentemente, a comunidade portuguesa radicada na Venezuela passa por problemas de natureza social, relativamente a questões relacionadas com a primeira infância, à terceira idade, desenraizamento e problemas de toxicodependências.
Numa alusão às diferentes comunidades emigrantes espalhadas pelo mundo, José Cesário admitiu que também aí há situações complicadas, mas admite que o problema na Venezuela é mais preocupante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)