Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Condenação para todos

O Ministério Público pediu ontem a prisão efectiva para todos os arguidos no caso do homem que morreu amarrado às grades de um café na Borralheira de Orjais, na Covilhã. Os advogados de Defesa pediram a absolvição dos seis arguidos, por falta de provas.

17 de Junho de 2009 às 00:30
João Inácio morreu asfixiado no próprio vómito, amarrado às grades de um café próximo da Covilhã
João Inácio morreu asfixiado no próprio vómito, amarrado às grades de um café próximo da Covilhã

João Inácio, de 42 anos, foi encontrado morto após ter-se embriagado, segundo a Acusação, na companhia de alguns dos arguidos, em Outubro de 2007. O relatório de autópsia revelou que morreu asfixiado no próprio vómito.

"Todos [os arguidos] devem ser condenados. Não é uma pena de multa que serve", referiu o procurador do MP António Pinto Tomás, acrescentando: "Acredito que não quiseram matar, mas há brincadeiras que não se podem ter."

Quatro dos arguidos estão acusados de sequestro, exposição ao abandono e omissão de auxílio. Os outros dois são julgados por omissão de auxílio.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)