Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Condenação por agredir assaltante

Empresário alvejado por ladrão pode ter que indemnizá-lo em 15 mil euros. MP diz que o homem quis "fazer justiça pelas próprias mãos" e pede punição
23 de Setembro de 2013 às 01:00
A sentença é conhecida esta quinta-feira no Tribunal de Albergaria-a-Velha
A sentença é conhecida esta quinta-feira no Tribunal de Albergaria-a-Velha FOTO: CMTV

Alvejou, com um tiro de caçadeira, um empresário durante o assalto à padaria daquele na freguesia de Branca, em Albergaria-a-Velha. Já foi, inclusivamente, condenado a pena de prisão por esse assalto, mas decidiu apresentar queixa contra a anterior vítima. O ladrão diz que foi agredido pelo empresário e pelo genro deste e, por isso, pede 15 mil euros de indemnização. O Ministério Público (MP) também pede que os três arguidos – a mulher do empresário também está acusada – sejam condenados.

A sentença é conhecida esta quinta-feira no Tribunal de Albergaria-a-Velha. De acordo com as alegações finais do MP, na passada terça-feira, os arguidos agiram "por raiva e quiseram fazer justiça pelas próprias mãos".

O assalto ocorreu a 17 de setembro de 2011 na padaria, pastelaria e churrascaria São Vicente. Roy Carvalho já lá tinha estado, momentos antes, a tomar café. Voltou depois, encapuzado e armado com uma caçadeira. Disparou duas vezes, uma das quais atingindo o dono do estabelecimento, Avelino Fonseca. Foi quando o assaltante foi desarmado e manietado pela vítima e pelo genro, enquanto esperavam pela GNR para o entregar.

Roy Carvalho alega que foi violentamente agredido e exige ser indemnizado. A procuradora do MP disse que espera que os arguidos sejam "condenados para que sirvam de exemplo ao País. São os tribunais e a polícia que fazem justiça. Embora não nos esqueçamos dos contornos em que tudo isto aconteceu, o Roy foi brutalmente agredido".

condenação agressão assaltante albergaria-a-velha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)