Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Condenados por graffiti no Metro

Quatro jovens foram condenados por terem entrado nas instalações do Metropolitano de Lisboa para fazer graffitis, informou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), na sua página de Internet.
24 de Fevereiro de 2012 às 09:15
Transportes públicos são alvo de vandalismo
Transportes públicos são alvo de vandalismo FOTO: d.r.

Segundo a mesma fonte, os quatro jovens entraram no túnel do Metro, entre as estações do Colégio Militar e Alto dos Moinhos, para fazerem graffitis o que levou ao disparo do sistema de segurança.

A intrusão obrigou à interrupção da circulação do metropolitano na Linha Azul entre as 13:23 e as 13:34 de quinta-feira e posteriores vistorias de segurança obrigaram a novo corte de energia, fazendo com que dez comboios tenham sido afectados.

O Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa condenou "todos os arguidos por um crime de introdução em lugar vedado ao público e por um crime de atentado à segurança de transporte por caminho-de-ferro".

As penas aplicadas foram as de multa, entre os 850 e os 1050 euros, uma delas substituída por 170 horas de trabalho a favor da comunidade e outra a 210 horas de trabalho a favor da comunidade.

Metro Graffiti Vandalismo
Ver comentários