Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Condenados por viciarem automóveis de topo de gama em Gaia

Respondiam por, entre 2010 e 2014, reconstruírem carros, conjugando peças e elementos identificativos de veículos similares.
Aureliana Gomes 5 de Dezembro de 2020 às 09:32
O Tribunal de Vila Nova de Gaia condenou esta sexta-feira seis dos 13 arguidos e duas das três sociedades acusados de terem lucrado mais de 400 mil euros no tráfico e viciação de carros de alta gama.

Respondiam por, entre 2010 e 2014, reconstruírem carros, conjugando peças e elementos identificativos de veículos similares - uns furtados outros acidentados.

Na leitura do acórdão, que decorreu nos Bombeiros Voluntários de Valadares, o juiz-presidente afirmou que não se conseguiu provar a existência associação criminosa. As penas aplicadas estão entre um ano e cinco anos e meio de cadeia.

Apenas dois dos arguidos vão cumprir pena efetiva. As duas sociedades foram condenadas a 500 dias de multa, no valor de 100 euros por dia.
Gaia Tribunal de Vila Nova de Gaia crime lei e justiça punição / sentença
Ver comentários