Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Condutor alcoolizado que circulou em rua pedonal de Aveiro começou a ser julgado

Homem acusou uma taxa de alcoolemia de 1,63 gramas por cada litro de sangue.
28 de Novembro de 2018 às 18:26
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
O Tribunal de Aveiro começou esta quarta-feira a julgar um condutor alcoolizado que se despistou contra um muro do canal central da ria, depois de ter circulado numa rua pedonal, quase atropelando diversas pessoas que caminhavam naquela via.

O arguido de 32 anos, que está detido à ordem de outro processo, já tinha sido condenado por condução sob efeito de álcool a uma pena de 90 dias de multa, à taxa diária de cinco euros, substituída por trabalho comunitário.

No processo que está agora a ser julgado, o arguido responde por cinco crimes de ofensas à integridade física qualificada na forma tentada, tantos quantas as pessoas que alegadamente se desviaram do automóvel para não serem atingidas.

No início do julgamento, o arguido admitiu ter conduzido alcoolizado, apesar de dizer que não se recorda de alguns momentos, e mostrou arrependimento.

"Estou muito arrependido. Não sabia que ia fazer este aparato todo e peço desculpa a toda a gente", disse o arguido.

Nas alegações finais, a Procuradora da República pediu a aplicação de uma pena efetiva para o arguido, atendendo ao seu passado criminal.

"Os antecedentes criminais do arguido não deixam grande margem para que o tribunal possa fugir de uma pena que não seja efetiva", disse a procuradora.

Já a defesa anunciou que irá recorrer da decisão, caso o acórdão seja condenatório, por entender que o arguido está a ser julgado pela segunda vez pelos mesmos factos.

O caso ocorreu na madrugada de 22 de novembro de 2015. Depois de ter estado a ingerir bebidas alcoólicas, o homem entrou na sua viatura e percorreu uma rua pedonal na Praça do Peixe, onde estavam centenas de pessoas que saiam dos bares.

A viatura em que seguia acabou por se despistar, indo embater num muro do canal central da ria de Aveiro.

O condutor que seria retido no local por populares, até à chegada da PSP, acusou uma taxa de alcoolemia de 1,63 gramas por cada litro de sangue, claramente acima da taxa crime (1,2 g/l).
Tribunal de Aveiro Aveiro Procuradora da República Praça do Peixe PSP crime lei e justiça julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)