Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Condutor detido com 2,90 g/l

Depois de o amigo ter sido levado ao posto da GNR para efectuar um teste de álcool, que lhe valeu uma contra-ordenação, um homem, de 40 anos, decidiu conduzir o Volkswagen do companheiro e acabou por ser detido com uma taxa de alcoolemia de 2,90 g/l, anteontem em Canelas, Vila Nova de Gaia.
8 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Os guardas levaram o condutor para o posto e o passageiro desapareceu. Foi detido e sujeito a teste de álcool
Os guardas levaram o condutor para o posto e o passageiro desapareceu. Foi detido e sujeito a teste de álcool FOTO: Sandra Sousa Santos

Uma patrulha da GNR abordou o condutor do carro, de 30 anos, na travessa das Lajes, em Canelas. Num primeiro teste, o condutor acusou álcool e foi conduzido para o posto para efectuar outro teste, com um aparelho mais preciso para medir a taxa de álcool. O amigo, que estava no lugar do passageiro, ficou no carro, supostamente à espera que o condutor regressasse do posto.

Depois de ter efectuado o teste, os militares verificaram que a taxa do álcool apenas merecia uma contra--ordenação e levaram o homem à travessa das Lajes, onde já não estava nem o amigo, nem o carro. Decidiram procurá-lo nas imediações, até que avistaram o Volkswagen, cerca de 20 minutos depois. Ao ver a GNR, o homem assustou--se e fugiu para uma rua de sentido proibido, até ser interceptado pelos guardas. Efectuado o teste de álcool, os militares verificaram que o homem, um desempregado residente em Vila Nova de Gaia, tinha uma taxa de alcoolemia de 2,90 g/l . Foi presente a tribunal e libertado.

Em Guimarães, um condutor de 33 anos foi detido com uma taxa de alcoolemia de 4,41.

V.N.GAIA ÁLCOOL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)