Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Condutores apanhados sem carta sobem 70%

Mais de 7411 detidos por PSP e GNR sem título válido.
João Carlos Rodrigues 6 de Janeiro de 2021 às 08:37
Carta de condução
Carta de condução FOTO: Direitos Reservados
O número de condutores apanhados sem carta de condução subiu 70 por cento em 2020", apontam os dados da PSP esta terça-feira divulgados. Só até ao final de novembro foram detidos 5481 condutores sem o título obrigatório nas áreas patrulhadas pela PSP, valor que sobe para 7411 se forem incluídos os dados da GNR. Esta tendência – "preocupante" segundo o oficial de relações-públicas da PSP – revela que, em média, 22 pessoas foram apanhadas a cada dia de 2020 sem título válido de condução.

Tal como o CM noticiou em dezembro, as autoridades garantem que "o aumento do número de detenções não se deve à caducidade dos títulos de condução face à antecipação da idade de renovação das cartas dos 65 anos para os 50 anos" e que a idade média dos infratores é de 32 anos.

PSP e GNR revelaram esta terça-feira que na Operação de Passagem de Ano, entre 28 de dezembro de 2020 e 4 de janeiro de 2021, registaram-se 1995 acidentes nas estradas portuguesas, dos quais resultaram sete vítimas mortais, 24 feridos graves e 474 feridos leves, o que, comparando com igual período do ano passado, correspondeu a menos 408 acidentes, menos 15 feridos graves, menos 277 feridos leves, mas mais uma vítima mortal. Braga (com quatro mortes), Guarda, Porto e Viana do Castelo (uma vítima mortal em cada) são os distritos que ficaram marcados pelos acidentes mortais.

Nos cinco dias que durou a Operação Natal da PSP e GNR outras quatro pessoas tinham perdido a vida.
Ver comentários