Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Conduziu 40 anos sem carta

Após mais de 40 anos a conduzir nas estradas portuguesas sem nunca ter obtido a carta de condução, um homem de 60 anos de idade foi detido pela GNR de Fafe ao volante de um dos seus veículos automóveis. A. Lopes, que é agricultor e criador de animais, nunca terá abdicado de efectuar as suas deslocações, ora em trabalho, ora em passeio.
4 de Maio de 2007 às 00:00
Apesar de conduzir regularmente na via pública e “nas barbas da guarda” – como referiu ao CM uma vizinha – o facto de A. Lopes nunca ter estado envolvido em acidentes participados às autoridades ou à seguradora, e os cuidados que tinha para evitar ser controlado, impediram que a GNR o tivesse alguma vez referenciado.
Só que no feriado de terça-feira, foi mandado parar por uma patrulha da GNR. Eram cerca das 09h00. Conduzia um ligeiro de mercadorias, no lugar da Telha, numa zona mais rural de Fafe, onde reside e possui uma criação de ovelhas.
Após apresentar todos os documentos do veículo, confrontado pela autoridade com a necessidade de apresentar a carta de condução, o sexagenário lá acabou por confessar que não era titular de qualquer título que o habilitasse para a prática da condução de veículos automóveis, mas que, ainda assim, já o fazia há 40 anos sem nunca ter tido problemas.
Em Tribunal, garantiu mesmo que eram as suas enteadas que habitualmente conduziam os seus veículos. Mas a versão não coincide com o que dizem alguns dos moradores vizinhos, que afiançam que o indivíduo utiliza todos os dias pelo menos um dos dois carros ou o tractor, inclusivamente para se deslocar à cidade.
PORMENORES
TENTOU LICENÇA
A. Lopes ainda alegou que possuía o título de autorização de tractor agrícola, o que se verificou não ser verdade. Tinha tentado há cinco anos obter a licença de condução, mas desistiu.
MULTA
O Tribunal de Fafe condenou-o a 80 dias de multa, a quatro euros diários, e advertiu-o para o facto de incorrer numa pena de até dois anos de prisão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)