Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

CONSERVAÇÃO DA NATUREZA SEM TELEFONES

O Instituto da Conservação da Natureza está com os telefones cortados, desde a passada quarta-feira, devido a uma dívida de um milhão de euros à Portugal Telecom (PT).
9 de Novembro de 2004 às 19:34
A situação deveria ter ficado ontem resolvida, mas arraasta-se ainda. Os telefones nas áreas protegidas e dependências do ICN, à excepção de sede em Lisboa, foram cortados pela PT na passada quarta-feira. As diferentes áreas protegidas ficaram condicionadas a apenas poderem receber telefonemas, sendo os contactos para o exterior apenas possíveis com telemóvel.
O ICN e a PT tinha chegado a um acordo de resolução da dívida, no âmbito do qual o instituto paga 250 mil euros este ano e o restante em 2005. A primeira parcela do pagamento deveria ter sido saldada no passado dia 31 de Outubro, mas não foi. O ICN alegou razões puramente administrativas para o atraso, mas a PT não aceitou as desculpas e cortou os telefones no dia 3.
Silva Costa, presidente do ICN, anunciou que foi entretanto paga uma primeira parcela de 100 mil euros, para garantir a reposição do serviço a partir do dia 8, ontem. Mas os telefones do instituto continuam sem poder realizar chamadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)