Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Construídas nove creches na região

A região algarvia vai dispor de nove novas creches e de quatro lares para a terceira idade. Serão criados 628 lugares de resposta social e duas centenas de postos de trabalho, num investimento de 6,6 milhões de euros.
2 de Julho de 2007 às 00:00
O Algarve carece ainda de equipamentos de apoio à infância
O Algarve carece ainda de equipamentos de apoio à infância FOTO: direitos reservados
As candidaturas já foram aprovadas pelo Governo, no âmbito da primeira fase do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES). O investimento será suportado pelo Estado, autarquias e pelas instituições de solidariedade social.
O maior investimento – 3,8 milhões de euros – corresponde a equipamentos destinados à infância. Está prevista a construção de nove creches com capacidade para 408 crianças, nos municípios de Loulé (duas), Portimão, Silves (duas), Olhão, Aljezur e Faro.
No que se refere à terceira idade, o investimento atinge os 2,2 milhões de euros, o que se traduzirá na criação de mais de duas centenas de novos lugares.
Segundo o Centro Regional de Segurança Social de Faro, serão construídos quatro novos equipamentos para idosos (lares e apoio domiciliário). As candidaturas aprovadas dizem respeito aos municípios de Loulé e Faro.
Os projectos agora homologados pelo secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Manuel Marques, beneficiam do regime especial de contratação pública, o que permitirá uma mais célere evolução dos respectivos concursos e obras.
O programa Pares foi lançado o ano passado pelo Governo com o objectivo de reforçar significativamente a cobertura existente no País ao nível da rede social.
PORMENORES
AUTARQUIAS
As Câmaras assumem um papel fundamental no processo de construção de novos equipamentos sociais: são co-responsabilizadas pela concretização dos projectos apresentados pelas instituições particulares de solidariedade social e homologados pelo Governo.
LARES
Ao mesmo tempo que apoia a concretização de novos lares para idosos, o Estado tem vindo a encerrar equipamentos do género que funcionam sem estarem devidamente licenciados. No corrente ano, já foram fechados três no Algarve. Estão previstas novas acções de fiscalização.
OBJECTIVO
O Governo pretende através dos apoios facultados pelo programa PARES aumentar, até 2009, em 50 por cento a taxa de cobertura do País ao nível de creches e em 10% no que respeita a lares e centros de dia para a terceira idade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)