Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Contrata polícia para homicídio

Um português, emigrado nos EUA, estava debaixo de mira de um guatemalteco, de 44 anos, desesperado para contratar um assassino que matasse à facada o primeiro a troco de 5000 euros. A sorte do português é que o cidadão sul-americano, também a viver nos EUA, foi contratar um polícia infiltrado do estado do Connecticut para o fazer, acabando por ser preso.
12 de Julho de 2010 às 00:30
Tentou pagar morte
Tentou pagar morte FOTO: Carlos Ferreira

A polícia de Stamford ainda não conseguiu apurar as causas para esta encomenda de homicídio, mas, ao que tudo indica, o português mantinha uma relação com a ex-mulher do patrão do guatemalteco, de nome German Zecena. As autoridades foram alertadas depois de vários informadores terem dito que havia um homem que queria contratar outro para matar alguém. Foi então que entrou em acção um polícia à paisana, que se fez passar por assassino de aluguer. Zecena queria que o português fosse agredido com um taco de basebol e depois morto à facada. Foi detido.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)