Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Contratos já assinados

O diferendo que levou os operadores de Lisboa e Coimbra do 112 a serem impedidos de entrar nas instalações do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) terminou ontem após um acordo sobre os contratos anteriormente recusados.
3 de Novembro de 2005 às 00:00
Numa reunião entre a direcção do INEM e Garcia Pereira, advogado dos trabalhadores, foram clarificadas algumas cláusulas dos contratos de trabalho (períodos de descanso e fornecimento de dados pessoais), o que conduziu à assinatura dos mesmos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)