Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Corpo a boiar no cais de Faro envolto em mistério

Polícia Marítima de Faro desencadeou investigações para identificar o corpo.
Ana Palma 4 de Agosto de 2019 às 10:41
Cadáver sem identificação foi encontrado a boiar a cerca de 500 metros do cais comercial de Faro
Cadáver sem identificação foi encontrado a boiar a cerca de 500 metros do cais comercial de Faro FOTO: Pedro Noel da Luz
Quando foi encontrado, na água, sexta-feira de manhã, a cerca de 500 metros do cais comercial de Faro, o cadáver do homem dava ideia de estar ali há pouco tempo. No entanto, o corpo ainda não foi identificado e o mistério permanece por desvendar.

Segundo o CM apurou junto do comandante Cortes Lopes, do Departamento Marítimo do Sul e Capitão do Porto de Faro, o alerta foi dado à Polícia Marítima de Faro por um popular que passou no local, cerca das 09h00. "O cadáver estava virado para baixo, vestido. Aparentava ter cerca de 40 anos e não apresentava quaisquer sinais de violência", revelou ao CM aquele responsável.

O cadáver , que se encontrava perto da estrada, não tinha consigo qualquer identificação, desconhecendo-se qual a sua identidade e nacionalidade. O CM soube, contudo, que as autoridades admitem que o mesmo possa ser estrangeiro.

Logo após a descoberta do cadáver, a Polícia Marítima de Faro desencadeou investigações no sentido de tentar saber a sua identificação, tendo alertado para a situação a Polícia Judiciária, bem como a PS e a GNR, para o caso de terem notícia de qualquer desaparecimento.

Uma vez que não havia sinais de violência no corpo, o Ministério Público deu ordem para que o mesmo, após confirmação do óbito por parte do delegado de Saúde, fosse removido para o Gabinete Médico Legal, em Faro, onde vai ser autopsiado para que sejam determinadas as causas exatas da morte.
Faro Polícia Marítima de Faro crime lei e justiça polícia questões sociais crime morte desaparecidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)