Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Corpo de Alberto Ralha em câmara ardente

O corpo do cientista Alberto Ralha vai estar em câmara ardente, a partir das 17h00 de hoje, na igreja de Vila Nova da Caparica, concelho de Almada.
6 de Janeiro de 2010 às 00:30
Alberto Ralha morreu aos 88 anos
Alberto Ralha morreu aos 88 anos

Amanhã, depois do serviço religioso no mesmo templo, que se inicia às 14h00, a urna será transportada para o crematório do cemitério dos Olivais.

Alberto Ralha morreu domingo, aos 88 anos, na sua casa, em Robalo, Costa de Caparica. Foi secretário de Estado do Ensino Superior no 11º Governo Constitucional, dirigiu o Secretariado da Reforma Educativa e trabalhou com Roberto Carneiro no primeiro governo de maioria de Cavaco Silva. Foi o primeiro director do Laboratório de Polícia Científica.

Era avô de Leonardo Ralha, editor de Cultura e On-Line do Correio da Manhã.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)