Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Corpo de mulher morta encontrado em mala levado para o Brasil

Camila e o homicida viviam há 15 dias na zona onde a vítima foi assassinada.
Sara G. Carrilho 16 de Outubro de 2019 às 01:30
Camila foi morta à facada e corpo posto numa mala de viagem
Homicida ficou em preventiva
Camila foi morta à facada e corpo posto numa mala de viagem
Homicida ficou em preventiva
Camila foi morta à facada e corpo posto numa mala de viagem
Homicida ficou em preventiva
Vai ser esta terça-feira trasladado para o Brasil o corpo de Camila Mendes, de 30 anos, assassinada à facada em Arruda dos Vinhos. O corpo foi encontrado numa mala de viagem, no dia 2, e o companheiro, primo direito da vítima, está preso pelo crime.

A informação foi confirmada pelo irmão da vítima. A trasladação é possível graças à solidária resposta ao apelo da família no país de origem, que não tinha dinheiro para assumir as despesas.

Um empresário doou três mil euros aos familiares, que conseguiram reunir seis mil, valor necessário para o corpo ser levado para Ipatinga, em Minas Gerais, de onde era natural. As cerimónias fúnebres deverão ocorrer nos próximos dias.

Camila e o homicida viviam há 15 dias na zona onde a vítima foi assassinada.
Camila Mendes Brasil Arruda dos Vinhos crime lei e justiça crime homicídio polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)