Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Cortam pneus a ambulâncias

Duas ambulâncias da Estrutura Operacional de Emergência da Cruz Vermelha em Armação de Pêra foram vandalizadas durante a madrugada de ontem. Fizeram cortes num pneu de cada uma das viaturas e do interior de uma furtaram um saco de emergência médica. "Têm vindo a acontecer situações do género por não haver um parque fechado para as ambulâncias", lamenta Jorge Amador, comandante da estrutura operacional.

19 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Ambulâncias foram vandalizadas e sinais do parque derrubados
Ambulâncias foram vandalizadas e sinais do parque derrubados FOTO: direitos reservados

As nove viaturas de socorro da Cruz Vermelha de Armação de Pêra estavam estacionadas na rua da praia, nos lugares de parqueamento delimitados para o efeito pela Câmara de Silves. Os dois sinais que delimitam o parque da Cruz Vermelha também foram derrubados durante a madrugada de ontem.

Além do prejuízo dos dois pneus, calculado pelo comandante Jorge Amador em cerca de 300 euros, a estrutura operacional sofreu ainda a perda do saco de emergência médica. "É um saco com o material de primeira abordagem à vítima. Tem medidor de tensão, colares cervicais, glicemia, compressas e outros materiais. O conjunto deve valer mais de 200 euros", explicou ainda ao CM o comandante Jorge Amador.

Desde o início do ano, a Cruz Vermelha de Armação de Pêra já tinha registado, conforme o CM noticiou, três outros casos de vandalismo em ambulâncias estacionadas na rua. Na madrugada de 26 de Janeiro, por exemplo, alguém dormiu no interior de uma ambulância e gastou uma garrafa de oxigénio. Noutros casos houve danos na chapa e um vidro partido.

Segundo fontes populares, ontem de madrugada terão ocorrido mais casos de vandalismo, num carro e numa esplanada, em Armação de Pêra. O Comando da GNR não respondeu ao pedido de informação.

VANDALISMO AMBULÂNCIAS PNEUS ARMAÇÃO DE PÊRA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)