Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Costa, Ventura, Mortágua, Portas e diretor do SIS com dados pessoais divulgados após ataque informático à TAP

Grupo de hackers Ragnar Locker, que terá levado a cabo o ataque, publicou dados roubados à companhia.
Correio da Manhã 22 de Setembro de 2022 às 23:48
Ataque informático
Ataque informático
Um grupo de deputados, membros do Governo e altos responsáveis de forças e serviços de segurança do país foi alvo de exposição de dados pessoais na dark web pelo grupo de hackers Ragnar Locker, que terá levado a cabo o ataque informático aos sistemas da TAP, ocorrido a 25 de agosto. A notícia é avançada pelo Expresso.

O primeiro-ministro, António Costa, o diretor do Serviço de Informações de Segurança (SIS), Adélio Neiva da Cruz, o comandante-geral da GNR, Rui Clero, e do líder do Chega, André Ventura foram alvos do crime perpetrado pelo grupo que atacou os servidores da companhia aérea TAP.

O primeiro-ministro português viu ser exposta a sua antiga morada bem como o e-mail de uma funcionária do seu gabinete. O grupo conseguiu extrair mais informações do deputado de Chega, André Ventura, cujo número de telemóvel e endereço de e-mail foram disponibilizados. Ficaram conhecidas as moradas de Adélio Neiva da Cruz e de Rui Clero assim como os contactos telefónicos e e-mail.

Da lista dos lesados no ataque à TAP constam ainda, por exemplo, os ex-deputados Edite Estrela, Jamila Madeira, Joana Mortágua, José Cesário, José Silvano, Paulo Portas, Alexandre Quintanilha ou Susana Amador.
Ver comentários