Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Criança de dois anos morre atropelada por comboio em zona sem vedação na Guarda

Infraestruturas de Portugal colocou proteção que foi vandalizada.
Correio da Manhã 18 de Setembro de 2019 às 09:04
Acidente ferroviário aconteceu na tarde de segunda-feira, na Linha da Beira Alta, próximo da estação da Guarda
Acidente ferroviário aconteceu na tarde de segunda-feira, na Linha da Beira Alta, próximo da estação da Guarda FOTO: CMTV
O local por onde o menino de dois anos passou a pé para aceder à Linha da Beira Alta, a poucos metros da casa onde vivia, não tinha vedação, pois havia sido vandalizada.

A criança acabou por morrer, depois de ter sido colhida pela locomotiva de um comboio de mercadorias que circulava no sentido Guarda-Coimbra, bem próximo da estação de caminhos de ferro da Guarda.

Num comunicado enviado ao CM, a Infraestruturas de Portugal (IP) garante que "a vedação encontrava-se derrubada devido a atos de vandalismo, que são recorrentes nas infraestrutura ferroviárias a nível nacional. E que são provocados por indivíduos que têm o objetivo de criar acessos mais diretos aos locais pretendidos e dessa forma colocam em risco a segurança de todos".

A empresa explica ainda que as vedações são instaladas como medida complementar de segurança, uma vez que a sua colocação não é obrigatória. O acidente aconteceu ao início da tarde de segunda-feira.

Ao que tudo indica, o menino estaria sozinho a brincar na linha, quando foi colhido pelo comboio. Sofreu ferimentos graves e foi assistido no local quer pelos bombeiros quer pela VMER, que acabou por atestar o óbito no local.

A Linha da Beira Alta esteve cortada durante cerca de duas horas, enquanto decorreram os trabalhos de socorro e de retirada da locomotiva da linha.

A PSP da Guarda está a investigar o caso e para já não avança com pormenores, pois não quer comprometer a investigação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)