Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Criança traumatizada após acidente brutal

"Os meus pais já morreram", foram as primeiras palavras de Luísa Morais, de 10 anos, após o brutal acidente ocorrido na segunda-feira, pelas 18h30, no IC2, em Travasso, Pombal, que culminou na morte de quatro familiares: o pai, a mãe e os dois avós.
24 de Agosto de 2011 às 00:30
Luísa foi a única sobrevivente da colisão de anteontem no IC2. Perdeu os pais (Elvira e Alcides Morais) e os avós (Maria Santos e Gonçalo Morais) no brutal acidente
Luísa foi a única sobrevivente da colisão de anteontem no IC2. Perdeu os pais (Elvira e Alcides Morais) e os avós (Maria Santos e Gonçalo Morais) no brutal acidente FOTO: Rui Miguel Pedrosa

A criança saiu do carro pelos próprios meios e deparou-se com um cenário de horror. A única sobrevivente continua a receber acompanhamento psicológico, o que "vai acontecer por muito tempo", garantiu fonte do Hospital Pediátrico de Coimbra.

Luísa tem "uma costela partida e um derrame num pulmão, fruto do impacto, mas está livre de perigo", contou ao CM António Lopes, amigo da família e que ontem foi "tentar animar a menina", que está "sob o efeito de calmantes".

A colisão frontal entre um veículo ligeiro e um pesado de mercadorias tirou a vida aos pais de Luísa. Elvira e Alcides Morais tiveram morte imediata. Os avós da criança também não resistiram. Maria Santos morreu no local do acidente. Gonçalo Morais foi transportado para o Hospital dos Covões, mas não resistiu às lesões sofridas e acabou por falecer pelas 21h30 de anteontem. A freguesia de Alhais, Vila Nova de Paiva, continua em estado de choque. Manuel Afonso, proprietário do Café Central, diz não ter memória "de um caso tão violento e impressionante ". Os pais de Luísa viviam em Londres e todos os anos vinham a Portugal. O casal estava particularmente entusiasmado porque já tinha a chave da nova casa.

IMIGRANTE MORRE COLHIDO POR AUTOMÓVEL

Um homem de 51 anos, imigrante do Leste da Europa e a residir no Alentejo, faleceu ontem vítima de atropelamento na Estrada Municipal 535, entre Castro Verde e Casével. Segundo a Protecção Civil de Beja, o alerta foi dado às 10h18, quando a vítima foi colhida por um ligeiro na berma da estrada. No local estiveram dois bombeiros com uma viatura, que levaram a vítima para o Serviço de Urgência Básica (SUB) de Castro Verde, onde o ferido ainda foi assistido pela equipa médica do INEM, mas acabou por não resistir aos ferimentos. A GNR investiga.

ACIDENTE FERIDO MORTE ÓBITO COIMBRA BEJA POMBAL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)