DAMAS PARA FAZER O BEM

A duquesa de Bragança, D. Isabel de Herédia, investiu ontem 50 mulheres como damas da Real Ordem de Santa Isabel, durante uma cerimónia que não se realizava há mais de 70 anos e que decorreu no Mosteiro de Santa Clara, em Coimbra, inserida nas festas da cidade.
04.07.02
  • partilhe
  • 0
  • +
A imposição de insígnias, presidida pelo bispo de Coimbra, D. Albino Cleto, marca a revitalização da Real Ordem de Santa Isabel, instituída em 1801, que é a única na Europa exclusivamente feminina.

Segundo explicou um elemento da organização, um dos objectivos da Ordem é promover acções de ajuda aos membros mais desfavorecidos da sociedade, imitando o espírito de paz e amor ao próximo com que viveu a Rainha Santa Isabel, padroeira da cidade de Coimbra.

As damas investidas, que se apresentavam vestidas de negro e de luvas brancas, foram escolhidas “por serviços prestados a Portugal, à Casa Real ou através de actividades de assistência”, disse o mesmo responsável, e devem procurar seguir o exemplo da patrona da Ordem, a Rainha Santa.

Entre as 50 mulheres estavam a princesa Maria Adelaide, tia do Duque de Bragança, e a princesa francesa Ana de Bourbon-Siciles, mas também a deputada Maria José Nogueira Pinto, a jornalista Aura Miguel e as esposas do ex-ministro Sousa Franco e do banqueiro Jardim Gonçalves.

Com a imposição das insígnias, as damas ficam obrigadas a contribuir para as obras sociais que a Ordem se propõe dinamizar e cada uma delas, nas suas regiões, deve fomentar actividades de assistência aos desprotegidos.

De agora em diante, as solenidades vão decorrer sempre que se realizar a procissão nocturna da Rainha Santa Isabel, o que tem acontecido de dois em dois anos. De acesso muito restrito, a Real Ordem de Santa Isabel admitiu desde a fundação menos de 300 mulheres, mas já não o fazia desde o início do século passado.

A cerimónia de ontem decorreu a partir das 16h30, prolongou-se por duas horas e integrou as celebrações litúrgicas que antecederam a saída da procissão nocturna em honra da Rainha Santa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!